Ministério da Justiça lança novo portal para intermediar reclamações de consumidores

Por Postado em - comportamento do consumidor em 3, julho, 2014 0 Comentários

Semelhante ao site “Reclame aqui”, o Consumidor.gov.br será um espaço para que os cidadãos relatem suas reclamações. As empresas envolvidas terão um prazo de dez dias corridos para dar seu parecer.

Segundo o Ministério da Justiça, a ideia é solucionar conflitos de consumo que não resolvidos pelo atendimento da empresa. As queixas não serão usadas diretamente para tomar ações contra as companhias, mas servirão de base para o governo tomar medidas contra o abuso contra o consumidor. Serão divulgados indicadores com base nas reclamações registradas no site. Entre outros critérios, será classificado o desempenho das empresas de acordo com índices de solução de problemas e satisfação dos clientes.

Por enquanto, o serviço, que é gratuito, está em fase de testes e está funcionando apenas nos estados do Acre, Amazonas, Distrito Federal, Espírito Santo ,Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. Estima-se que até setembro o serviço esteja atendendo em todo o País.

Os dados dos usuários não serão tornados públicos, apenas as reclamações. Resolvida a questão, o consumidor poderá se manifestar e dizer se o problema foi resolvido ou se não atendeu a suas expectativas.

O projeto foi elaborado pelo Ministério da Justiça como parte do Plano Nacional de Consumo e Cidadania, lançado em 15 de março de 2013.

Fontes: UOL, Revista W e Olhar Digital.

Comentários fechados.